Anúncios no Facebook Live: nova proposta de publicidade


Postado por: Marcos Dias Anúncios no Facebook

O formato Live terá a possibilidade para anúncios no Facebook

Com múltiplos formatos para anúncios no Facebook, a plataforma, desde o dia 1º de agosto, começou a testar o uso de publicidade na ferramenta Live. Como são os primeiros anúncios da rede social que aparecerão diretamente dentro de vídeos, a ideia é fazer uma experimentação com os publishers parceiros antes de liberar a possibilidade para as outras empresas. “Nós estamos conduzindo alguns testes que permitem um pequeno grupo de publishers ter a opção de fazer um intervalo comercial em seus vídeos do Facebook Live”, pontua a empresa, em e-mail oficial para o Advertising Age.

Há algum tempo a rede social dá indícios de possibilidade destes anúncios no Facebook Live e, as primeiras informações sobre formato, apontam breaks comerciais após cinco minutos depois dos vídeos terem começados e terão duração média de 15 segundos, ou até menos. Uma das estratégias utilizadas pela plataforma é a contratação de profissionais midiáticos e celebridades da web, para começar a utilizar o serviço de streaming.

O objetivo é compreender a aceitabilidade do estilo publicitário e por se tratar um modelo novo de anúncios no Facebook Live, a rede social não tem uma estrutura madura para a área de vídeos, o que prejudica a liberação imediata do formato.

A preocupação do Facebook, com as marcas dentro da plataforma, é perceptível, principalmente, quando observamos a frequentes atualizações nos formatos voltados a e-commerce dentro da rede social, que hoje possui uma estrutura própria dentro da rede. A sensibilidade é visível quando levantamos um histórico crescente de migração entre os investimentos no comércio digital, por exemplo. Só em 2015, o segmento teve um amadurecimento no Brasil e atingiu expressivos 15% de faturamento a mais em relação à 2014, rendendo 41,3 bilhões em vendas no ano passado.

Além dos investimentos em formatos de anúncios no Facebook, a plataforma preocupa-se com os números de empresas que atuam direta e indiretamente dentro da rede. Neste ano, por exemplo, a rede social, que possui mais de 60 milhões de empresas que usam mensalmente toda sua estrutura para desenvolver seus negócios, liberou duas novas ferramentas que ampliam a possibilidade de comércio: a seção de compras e a de serviços.

Todas as atualizações enfrentadas dentro da plataforma têm o principal objetivo de transformar as empresas onlines em vitrines digitais, gerando, constantemente, novos negócios. Por esse motivo, há uma grande necessidade de compreender as funcionalidades dos anúncios no Facebook, formatos de mídia dentro da rede, para que as marcas possam incrementar as estratégias de Marketing Digital de sua empresa.

Até hoje, os anúncios no Facebook disponíveis seguem uma gama assertiva para cada tipo de público-alvo e a principal reclamação das empresas que utilizam este tipo de serviço é as constantes falhas durante o processo, que piora com o distanciamento de suporte disponibilizado pelo Facebook Ads.

Para Alessandra Vidal, Perfomance na Explay Web Agency, “o comparativo do suporte é feito pela diferença de atendimento disponibilizado pelo Google Adwords em relação ao próprio Facebook Ads, por exemplo”. E completa: “a forma de relacionamento com agência, que trabalha com inúmeras contas e formas de anúncios no Facebook, deveria ser diferenciada, já que precisamos de atendimento constante para o uso da plataforma”.

Dentro desse contexto, vale destacar todo o esforço da rede social em equilibrar a sua qualidade como ferramenta para o Marketing Digital das empresas, levando em consideração a diversidade de anúncios no Facebook e principalmente as formas de mensuração dispostos para identificar a melhor forma de utilizar a página para engajar novos negócios.