Gestão de redes sociais e seus impactos


Postado por: Marcos Dias Gestão de redes sociais

Gestão de redes sociais: transformando cliques em doações

A gestão de redes sociais se tornou uma ferramenta de comunicação indispensável em qualquer empresa, seja ela privada, pública ou de terceiro setor. A forma de comunicação no mundo digital gera um impacto direto ao destinatário das informações, convertendo ações em grandes vantagens e benefícios para os empreendimentos.

O uso das mídias sociais como o Facebook, Twitter, Youtube e Instagram se tornou uma maneira de relacionamento e aproximação entre as empresas e seus clientes. Além de um instrumento do marketing digital, a forma de gestão das redes sociais é um fator primordial para o posicionamento da marca na internet. Aquele velho ditado: quem não é visto não é lembrado.

Com essa visão, a Ação Social para Igualdade das Diferenças (ASID) busca se posicionar dentro das mídias digitais com um propósito social e educacional. Criada em um projeto acadêmico no curso de Administração da Universidade Federal do Paraná (UFPR), a ASID Brasil entrou no mercado do terceiro setor como um braço estrutural para as escolas especiais de Curitiba e Região Metropolitana. “Nosso objetivo é melhorar a gestão das instituições filantrópicas para pessoas com deficiência, ou seja, as Escolas e Centros de Atendimento. Estas instituições são criadas por pessoas muito bem-intencionadas e motivadas pessoalmente com o assunto. Normalmente, são pais de alunos que não encontram vagas em outras instituições e se reúnem para fundar sua própria”, define Luiz Hamilton, co-fundador da entidade.

 

 

No Facebook, a ASID Brasil tem uma presença significativa, com quase sete mil seguidores e um engajamento fiel, quando se trata de ações, alcances e interações das publicações. “A forma gestão de redes sociais é muito de acordo com o aprendizado. Erro e acerto. Sempre procurando melhorar e, principalmente, através de parcerias, com agências de web, design e outros, que nos possibilitam chegar muito mais longe”, pontua Luiz.

A primeira estratégia da entidade era estar online em todas as mídias, mesmo sem nenhuma estrutura de atualização frequente das mesmas. Aos poucos, a gestão começou a trazer os resultados e as mensurações. “No início pensávamos que o ideal era estar presente em todas as redes sociais. Com o tempo percebemos que o ideal é se focar em uma ou duas para realmente conseguir trabalhar. Lançar conteúdos com regularidade e ter retorno. A linha de pensamento é: é melhor fazermos uma ou duas bem-feitas do que todas sem utilizar o potencial”, explica o co-fundador da ASID.

Os erros e acertos fazem parte da trajetória de qualquer negócio. O importante é ter sensibilidade para identificar os pontos negativos.  Aos poucos, a equipe começou a ter retornos claros na mudança de postura. “Acabamos conversando com vários públicos, seja potenciais doadores, investidores, pessoas que desejam conhecer a ASID e instituições para pessoas com deficiência em busca de suporte. Procuramos trabalhar uma comunicação com esses públicos com os objetivos de atrair, para tornar a marca da ASID conhecida”, relata. E completa: “também engajar através da causa, para ampliar o impacto social de nosso trabalho. Bem como fidelizar, prestar contas e mostrar o trabalho que está sendo feito! ”.

Atualmente, os projetos e ações da entidade são custeadas pelas doações dos investidores sociais. Em 2014, no último levantamento, a ASID Brasil impactou diretamente mais de 3,5 mil pessoas com deficiências, lotadas em 23 instituições de ensino especial em Curitiba e Região metropolitana. Foram mais de 38 mil reais investidos em melhorias nas estruturas físicas e administrativas das escolas.

Para participar das atividades promovidas pela ASID basta ter vontade de ajudar. Pessoas físicas ajudam com doações mensais recorrentes, participação em eventos beneficentes, realizados em parceria com estabelecimentos gastronômicos, e nas ações de voluntariado. As pequenas e médias empresas podem ajudar participando da Campanha ASID, com investimentos mensais recorrentes e até mesmo com produtos sociais.

Nas grandes empresas, a ASID propõe uma aliança, no qual os colaboradores são aliados nos projetos realizados nas instituições com programa de voluntariado corporativo. São atividades de reformas, capacitação, interação com os alunos e outras formas. Neste caso, se desenvolvem competências que utilizam no dia a dia de trabalho. “A ASID cria, aplica, mede resultados e mostra as competências desenvolvidas pelos colaboradores participantes”, destaca Luiz.

 

A aliança

As preocupações ambientais e sociais estão cada vez mais presentes nos planejamentos e posicionamentos das empresas em todo mundo. A Explay Web Agency, inspirada nas atividades desenvolvidas pela ASID Brasil, firmou uma parceria na gestão de redes sociais da entidade. Uma forma de disponibilizar a expertise que possui, desenvolvendo um relacionamento como multiplicador de atitudes sociais no meio corporativo.

A ideia é da parceria é impactar o maior número de investidores sociais nos meios digitais, e assim, estimular a melhoria da qualidade de vida e a educação das pessoas com deficiência. Além disso, a agência disponibiliza a participação dos colaboradores no projeto “Mão na Massa”, no qual desenvolvem diversas atividades durante o processo de restauração, reforma ou ampliação nas estruturas físicas das instituições de ensino atendidas pela ASID.

 

Sobre a Explay

Há seis anos, a Explay® Web Agency desenvolve serviços positivamente surpreendentes no universo da Comunicação Online. É uma agência intensamente presente no mundo digital, que maneja com excelência as áreas do webdesign e marketing digital. Aqui, as melhores práticas são adotadas para termos êxito na construção de uma comunicação online bem-sucedida. A Explay® trabalha de forma constante com os seguintes serviços: criação de sites e hotsites, e constante manutenção desses; produção e gestão de redes sociais e conteúdos para blogs; marketing digital de alto impacto; SEO e SEM; anúncios online; planejamento digital; e atendimento personalizado.  Além disso, desempenha suas atividades com atenção às melhores práticas do World Wide Web Consortium (W3C) – entidade internacional que orienta o desenvolvimento web. O resultado são projetos com desempenho superior e compatíveis com a maior gama possível de navegadores e equipamentos do mercado – desktops, notebooks, tablets, smartphones Android, IOS, Windows Phone e outros.