Ensino à distância: a internet como ferramenta da educação


Postado por: Marcos Dias ensino à distância

Ensino à distância é uma ferramenta eficaz para a educação

O Brasil é conhecido mundialmente por suas políticas de popularização do acesso à internet e está entre os 79 países que possuem mais de 50% da população conectada, segundo o levantamento da União Internacional de Telecomunicações (UIT) das Nações Unidas. Ainda segundo a pesquisa, 48% dos domicílios dos brasileiros possuem conexão de banda larga. Hoje, a internet se tornou uma ferramenta que ultrapassa a comunicação online. É um braço para diversos segmentos, como a educação, por exemplo, que através de portais mantêm um diálogo mais próximo com seus alunos e ainda proporciona cursos de ensino à distância (EaD).

O dicionário Houaiss, antes bastante utilizado na busca dos significados de palavras, define a internet como “rede de computadores dispersos por todo o planeta que trocam dados e mensagens utilizando um protocolo comum”. Com o crescimento da funcionalidade do sistema, esse conceito começou a atingir um outro patamar e não se limita somente a contatos sociais.

O coordenador dos cursos de Ensino a Distância, do Instituto Superior de Administração e Economia do Mercosul (ISAE), Sérgio Centa, conta que as instituições de ensino em todo o mundo estão se adaptando a essa nova realidade. “Esta forma de ensinar é uma realidade em toda e qualquer instituição de ensino. O ISAE investe nesta área com o objetivo de atender uma demanda para nossos cursos presenciais, atingindo um mercado que não poderia participar de cursos que demandam aulas durante a semana e mesmo em finais de semana. Público este que não reside em Curitiba e Londrina, onde o instituto possui sedes”.

Atuante em procedimentos de ensino à distância desde 2001, antes mesmo das regulamentações do Ministério da Educação (MEC), Centa destaca que o EaD “é um mercado sem volta”. E completa: “não se pode pensar em ensino sem se falar em ensino à distância, assim as instituições e as empresas devem utilizar esta forma de ensinar. E muitas estão fazendo isto! ”.

A flexibilidade e metodologia pedagógica de aprendizado são alguns pontos que diferenciam o ensino à distância do ISAE. “A praticidade, a liberdade de estudar a qualquer hora e em qualquer lugar, e principalmente a possibilidade de obter resultados práticos e objetivos, mesmo após a conclusão do curso, são destaque na nossa forma de ensinar. Os nossos cursos apresentam os conceitos teóricos, estudos de caso, roteiros de diagnóstico e de apresentação de soluções, e o apoio de tutores para a consecução destas atividades”, ressalta o coordenador.

O ensino à distância está cada vez mais presente no mercado educacional. Segundo o levantamento feito pelo professor Sérgio Centa, apenas uma instituição de ensino já formou mais de 500 mil profissionais nesta modalidade. “Não existe uma estatística confiável, mas se considerarmos os cursos livres este número é infinitamente maior”, completa.

 

A expertise em educação

Há 20 anos no mercado educacional, o Instituto Superior de Administração e Economia do Mercosul (ISAE), tem objetivo de formar executivos que assumam um novo papel: a busca da excelência e de um olhar inovador sobre modelos de gestão, processos e tendências organizacionais. O presidente do ISAE, Dr. Norman de Paula Arruda Filho, destaca a preocupação da instituição em “desenvolver lideranças globalmente responsáveis, alicerçadas na Ética das relações, na Sustentabilidade Corporativa e na Inovação”. E completa: “temos em nosso DNA a sustentabilidade corporativa”.

E é com essa experiência que o ISAE entra no mercado EaD, definindo as linhas de estudo dos cursos online, por meio da análise de mercado, levantamento de interesse interno – alunos, ex-alunos e empresas parceiras – e pesquisa de demandas atuais e futuras sobre as necessidades dos setores. A partir disso, traçou metas como diferenciais de mercado. “Nossos cursos apresentam um diferencial único: a aplicabilidade do conhecimento. Não oferecemos apenas um certificado de conclusão de um curso, mas principalmente a condição do aluno, desde que seja dedicado ao curso, em aplicar os conhecimentos na solução de problemas de seu dia a dia”, explica o coordenador de Ensino à Distância da instituição, Sérgio Centa.

Os cuidados na produção dos processos de aprendizagem vão desde a metodologia de ensino até as gravações das videoaulas. Segundo o professor Centa, a implementação dos cursos à distância mobilizou todos os setores do ISAE. “Os trabalhos internos foram feitos em conjunto, desde a contratações de professores até a formatação do material didáticos, divulgação e comercialização das aulas”.

Antes mesmo de colocar o plano em prática, a equipe do instituto avaliou todo o procedimento de aprendizado, levando em consideração as demandas e a receptividade dos alunos. “Desde a forma de condução e a forma como o aluno faz os cursos, desenvolvemos uma metodologia única na qual o aluno ao final de todos os nossos cursos desenvolve atividades práticas, proporcionando soluções para situações, problemas reais, nas quais o aluno, com o apoio de nossos tutores, desenvolve soluções práticas baseadas nas teorias desenvolvidas durante os cursos”, destaca Centa.

 

 Por trás da coordenação…

 

São mais de 20 asergio_centa_isaenos de experiência em educação à distância e muitas histórias para contar. Formado em Direito e Administração, Sérgio Centa já passou por algumas instituições de ensino, como o Grupo Uninter, UniCuritiba, Universidade Tuiuti e a Faculdade Bagozzi. De coordenações as aulas práticas, seu currículo ainda carrega especialidades em empreendedorismo e finanças.

Quando sequer o MEC abordava Educação à Distância, como forma viável para aprendizado, Centa já enxergava a internet como ferramenta de aproximação de ensino, em qualquer parte do mundo.