O Aparelho de TV no Mundo Digital


Postado por: Explay

Presenciei há poucos dias uma conversa entre marido e mulher sobre a compra de Smart TVs. Eles falavam sobre a substituição das TVs da sala e do quarto por novas, mais modernas… Smarts.

Pensei – o que eles farão com os televisores atuais? Eles sabem o que é uma Smart TV? Eles sabem que com aparelhos como o Google Chromecast ou a Apple TV eles podem usufruir destes benefícios? Ou ainda, que um cabo HDMI é capaz de milagres em nossos escritórios e residências?

Se a sua TV não é uma Smart, conheça algumas das opções para levar tecnologia para dentro do seu televisor!

Cabo HDMI – a forma mais barata de transferir imagem e som do seu computador ou tablet para a TV 

  • O que é: o cabo HDMI transmite a imagem e som de um ponto a outro. Ideal para transmissões originadas de smartphones, tablets ou computadores para um televisor.
  • Pontos positivos:  barato (opções a partir de R$ 30,00), de fácil acesso (qualquer loja de informática tem este produto), zero problemas de conectividade (o que passa no computador funcionará perfeitamente na tela da TV).
  • Pré-requisitos: TV com entrada HDMI. Computador, tablet ou smartphone com entrada HDMI.
  • Onde comprar: de fácil acesso, costuma ser encontrado em lojas de informática. Opções a partir de R$ 30,00, a depender da extensão do cabo.
  • Cuidados: é importante calcular bem a extensão do cabo. Também, analisar as resoluções da TV e do computador de origem. Uma boa configuração faz toda a diferença nesta hora.
  • Informações adicionais: o HDMI é a forma padrão de conectividade de som e imagem via cabo no Mundo Digital. DVDs, Blu-Rays e modens de TV à cabo se conectam aos televisores via HDMI.

 Google Chromecast – o Gaddget do Google para transformar TVs em Smart Tvs

  • O que é: o Google Chromecast transmite informações geradas a partir do computador, tablet ou smartphone do usuário para a TV, através da rede wi-fi do usuário. O Google o qualifica como um HDMI Streaming, uma espécie de HDMI sem fio.
  • Pontos positivos:  suas reduzidas dimensões – um pouco maior que um pen drive – permitem versatilidade no transporte. Sua instalação e operação são intutivas.
  • Pré-requisitos: rede wifi. Televisor com entrada HDMI e USB.
  • Onde comprar: disponível no mercado brasileiro por aproximadamente R$ 200,00.
  • Cuidados: nem todo software ou aplicativo que roda no seu dispositivo (computador, tablet ou smartphone) funcionará automaticamente no Chromecast. Antes de adquirir o aparelho, tenha certeza de que o seu objetivo pode ser suprido por este aparelho.
  • Informações adicionais: apesar de mais novo que a Apple TV, o Google Chromecast já tem elevado número de aplicativos disponíveis. Os conheça no site oficial – https://www.google.com.br/chrome/devices/chromecast/apps.html

Apple TV – o mais completo dispositivo de conectividade para a sua TV

  • O que é: a Apple TV é um aparelho completo. Ao contrário do Chromecast, ela é capaz de funcionar sem a necessidade de um computador, celular ou tablet. Vem com controle remoto, e também é capaz de interagir com os citados aparelhos.
  • Pontos positivos:  o grande destaque deste aparelho é ser completo e autônomo.
  • Pré-requisitos: rede wifi. Televisor com entrada HDMI.
  • Onde comprar: disponível no mercado brasileiro por R$ 399,00.
  • Cuidados: trata-se de aparelho ideal para quem já usa a plataforma Apple. Não o indico para quem é usuário de Windows ou Android. Fica caro e sem vantagens em relação ao Chromecast.
  • Informações adicionais: quando conectado com aparelhos Apple, o uso intuitivo é o grande destaque.

As citadas opções, entre R$ 50,00 e R$ 400,00, são soluções para fazer o melhor uso de televisores ainda “não smart”. Portanto, reflita bem antes de trocar a sua TV pra uma Smart TV – o processador delas é, em geral, lento. Os controles remotos são chatos e demorados – nos obrigam a teclar uma letra por vez. São caras e nos deixam com uma grande dúvida final – o que fazer com as TV antigas!?