O FLUXO DE INFORMAÇÕES NA INTERNET


Postado por: Explay

A internet veio para transformar. Quando comparamos a nossa visão com o pensamento predominante de 30 anos atrás é possível notar a diferença. Temos mais liberdade, temos mais espaço e maior acesso a informações relacionadas à política, economia e tantos outros assuntos. Correto?

Seleção da informação

Na década de 50, nos Estados Unidos, as informações a ir ao ar nos programas de TV e nos jornais passavam por um processo de seleções até que se chegasse a uma conclusão do que deveria ou não tornar-se informação pública. Daí veio a teoria chamada gatekeeper.

A suspeita de que as informações nos meios impressos e televisivo continuam passando por um processo de seleção continua. No entanto, a nossa confiança nas possibilidades e liberdades da internet é inabalável. Acontece que uma seleção invisível está sendo feita por toda a internet e estreitando a nossa visão sem que percebamos.

Businessman Hand Working With Www. Written In Search Bar On Mode

O filtro bolha

Ao buscar uma mesma palavra no Google, duas pessoas podem encontrar resultados totalmente diferentes. Isso acontece porque não há mais busca padrão. Algoritmos são responsáveis por fazer uma análise de todo o seu histórico e outros fatores e, assim, sua busca é redirecionada para aquilo que você tem mais interesse.

O mesmo acontece com o Facebook. Conteúdos com os quais você não tem tanto engajamento, não curte, comenta ou compartilha, são eliminados do seu feed de notícias.

“Mas qual é o problema?”, você pergunta. “Estou vendo aquilo que quero e gosto”.  No entanto, você não tem acesso a informações que você precisa. Você não tem acesso a pensamentos e ideias diferentes, porque, naturalmente, os conteúdos com os quais você tem engajamento são aqueles com os quais você mais simpatiza. 

Abstract colorful background. Vector.

Eli Parisier, em uma palestra para o TED, aponta vários exemplos desses sinais e afirma que, com isso, nos fechamos cada um em sua bolha de informações.

Portanto, não caia na furada de ver notícias só no Facebook. Vale lembrar a importância de buscar informações em mais de um lugar, pois assim é possível sair da zona de conforto e estourar essa bolha.