18.02.2019

Funil de vendas: Aplique essa estratégia!

O funil de vendas é uma parte fundamental de uma corrente mercadológica denominada “Inbound Marketing”. É um grande aliado do estudo da jornada de compra e auxilia os empresários e colaboradores da área de marketing e vendas a estabelecerem melhores estratégias e oferecerem melhores conteúdos. Através disso, seus clientes em potencial verão em seu produto a solução ideal para seus problemas. Mas o que exatamente é esse funil?

 

Bem, a analogia é simples: na boca de um funil se encontra o público geral – aqueles que ainda mal sabem se precisam do seu produto ou serviço. É necessário, então, ativar uma necessidade. Isso se chama gatilho (ele aparecerá de diferentes formas ao longo do funil de vendas) e você deve “puxá-lo” para transformar essas pessoas em Leads.  Muitos chamam essa etapa de conscientização.

 

Demais etapas do Funil de Vendas

A partir do momento em que essa pessoa percebe uma oportunidade, a tarefa da sua empresa passa a ser o amadurecimento para aproveitá-la. Se você fez um bom trabalho na primeira etapa, o cliente em potencial não estará apenas ciente de uma nova urgência, mas também estará ligado a sua empresa – seja através de um cadastro, de uma newsletter ou de qualquer outra forma que se fizer eficaz. É através desta conexão que dicas e informações mais extensas podem ser apresentadas ao consumidor, não a fim de empurrar a ele o seu produto, mas para informá-lo e criar um relacionamento que o faça reconhecer e considerar sua empresa! Simples, não? É aí que surge outro gatilho para que ele se interesse pelo serviço que você tem a oferecer. Pense como consumidor e tente solucionar seus próprios problemas.

 

Pois é aqui que chega a última (e mais excitante) parte de todo este processo, o fundo do funil. Quando o cliente já sabe do que precisa e passa a comparar preços, variedades e disponibilidade daquilo que precisa, ao invés de apenas avaliar soluções, talvez seja a hora de colocar todos os atacantes em jogo e ativar seu time de vendas. Se o relacionamento estabelecido entre sua empresa e essa pessoa for sincero e possuir o valor intrínseco necessário para despertar nele o interesse, o Lead se concretizará como venda e finalizará o funil. É interessante notar que se chama funil de vendas – e não apenas uma linha horizontal qualquer – por uma razão específica: Nem todas as vezes será possível converter o público geral para sua empresa, visto que em uma relação honesta é preciso considerar as divergências entre produtos e serviços que melhor se adaptam a necessidade desse cliente.

 

A gente sabe que falar assim é mais fácil do que botar em prática. Que tal contratar a Explay para conhecer o processo mais de perto e implantar essa tática? Se você se interessou pelo assunto, também pode ler mais sobre Inbound Marketing e entender como esse conjunto de estratégias pode alavancar suas vendas!